ORIGENS: Temos medo

Temos medo



Todos temos medos em nossas vidas, de todos os nossos comportamentos, o medo faz parte de nossa essência e em alguns casos fazem parte da personalidade das pessoas. E isso traz amarguras, privação de felicidade. O medo de se relacionar com alguém transcende o medo comum, por que nos reprime de ser feliz, de ser amado e amar. Para ser feliz em um relacionamento é preciso abrir as portas do coração para que todo sentimento bom seja sentido. É preciso que as pessoas sintam mais o seu interior! Ame alguém que lhe faça enxergar que, apesar das curvas no caminho, sempre haverá uma saída e um colo quentinho pra lhe aconchegar...
O amor só precisa existir para ser perfeito e eterno! Porque quando você amar sente necessidade da outra pessoa, porque é bom estar ali, com o corpo junto, coração do lado, ouvindo a respiração.
Jamais desista das pessoas que ama. Jamais desista de ser feliz. Lute sempre pelos seus sonhos. Seja profundamente apaixonado pela vida. Pois a vida é um espetáculo imperdível. Assim é a vida...
Amar é leve, sentir-se nas nuvens, é sonhar alto. Olhar para dentro de si mesmo, e dizer: Eu quero alguém para ser feliz, viver intensamente um grande amor. É sonhar com uma gota de realidade, e realizar uma gota desse sonho. É estar presente até na ausência. Amar é ter em quem pensar. É razão que ninguém teria razão para nos tirar. É ser só de alguém e nunca deixar esse alguém só. É pensar em você tão alto a ponto de você escutar. Amar é ir até a morte. É acordar para a realidade do sonho. É vencer através do silêncio. É ser feliz até com um pouco quando, muito não é bastante. Amar é dar anistia ao seu coração. É sonhar o sonho de quem sonha com você, é sentir saudades, chegar perto na distância. Amar é a força da razão. Quando os momentos são eternos. Amar é ser adulto e se sentir criança, é viver a vida em versos e ao inverso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Copyright © ORIGENS Urang-kurai